1 comentário a “luz própria

  1. janus

    À procura das magnólias
    Encontrei um leiriense
    São tão poucos
    E até já trabalhámos no mesmo local
    Vê lá se descobres quem sou?
    que pena não ter sabido da exposição mais cedo…

Os comentários estão fechados.