A culpa

a culpa
da queda do investimento nacional
é da chuva

a culpa
do descalabro da dívida pública
é do nevoeiro

a culpa
da derrapagem orçamental
é do granizo

a culpa
das políticas de austeridade
é do vento suão

a culpa
do aumento dos impostos
é das marés vivas

a culpa
dos cortes nas pensões
é da trovoada

e a culpa
de termos de aturar estes anormais
que nos andam a lixar a vida
é das profissionais do sexo

já que os deram à luz!